Técnico de computador é acusado de copiar fotos de ator fazendo sexo

Edison Chen
Image caption Edison Chen anunciou inicialmente que abandonaria o showbusiness

Um técnico de computador está sendo julgado por copiar ilegalmente 1.300 fotos do astro de cinema de Hong Kong Edison Chen fazendo sexo com mulheres famosas.

Sze Ho-chun, de 24 anos, disse a um tribunal em Hong Kong que é inocente das acusações de ter copiado as fotos do laptop de Chen, que havia sido levado à loja de reparos onde ele trabalhava.

Fotos do ator com várias celebridades asiáticas foram colocadas na internet ano passado.

Chen, de 28 anos, admitiu ter tirado as fotos e pediu desculpas.

O escândalo, que envolveu as atrizes Cecilia Cheung e Bobo Chan e a cantora pop Gillian Chung, causou sensação na China, onde a pornografia é considerada crime.

'Entristecido'

Sze Ho-chun negou acusações de ter usado o computador com a intenção de obter lucros no período entre 1 e 8 de junho de 2006.

A promotoria alega que em algum momento nesse período o técnico mostrou imagens para duas clientes antes de entregar um CD com as imagens a uma delas.

As fotos apareceram na internet em fevereiro de 2008. Na época, Chen, que nasceu no Canadá, disse em uma entrevista que estava "profundamente entristecido" e que queria "pedir desculpas a todas as pessoas pelo sofrimento que lhes causou".

O ator disse que iria interromper sua carreira "por tempo indeterminado".

Mas em meados desta semana, Chen, que buscou refúgio no Canadá depois que as fotografias apareceram na internet, foi a Cingapura para promover seu novo filme, The Sniper.

Chen atuou em filmes como Batman - O Cavaleiro das Trevas, O Grito-2, O Medalhão e Conflitos Internos.