Cauteloso, Obama vê sinais de recuperação da economia

Image caption Obama disse que ainda há muito trabalho para recuperar a economia

O presidente americano, Barack Obama, disse nesta sexta-feira estar vendo pequenos sinais de esperança na economia, mas ressaltou que o sistema prossegue sendo "severamente pressionado".

"Começamos a ver progressos", disse Obama à jornalistas após uma reunião da equipe econômica na Casa Branca.

"Se continuarmos assim, se não fraquejarmos frente à dificuldades, tenho certeza absoluta que recuperaremos a economia", disse ele.

Obama citou o aumento nos empréstimos a pequenas empresas, os fundos já destinados aos cortes de taxas e novos investimentos em infraestrutura e projetos de energia como sinais de otimismo para a economia.

Cautela

Mas o presidente disse que as medidas devem "se traduzir em crescimento econômico, empregos e aumento de poder aquisitivo para o povo americano".

"E agora mesmo estamos vendo muitos empregos sendo perdidos, muitas dificuldades e a população enfrentando situações bem complicadas", disse ele.

"Ainda tem muito trabalho a ser feito e nas próximas semanas vocês vão ver outras ações adotadas pelo governo", disse ele.

Obama disse que ele e a equipe discutiram a estabilidade do sistema financeiro, o mercado imobiliário e planos para auxiliar os bancos a reduzir sua carteira de títulos podres.

Participaram da reunião na Casa Branca, o secretário do Tesouro, Timothy Geithner, e o presidente do Fed (o Banco Central dos Estados Unidos), Ben Bernanke.