Netanyahu diz a Abbas estar disposto a negociar paz

Netanyahu ofereceu 'paz econômica' aos palestinos, não um Estado
Image caption Netanyahu ofereceu 'paz econômica' aos palestinos, não um Estado

O premiê israelense, Binyamin Netanyahu, disse ao líder palestino, Mahmoud Abbas, que está disposto a iniciar negociações de paz, durante uma conversa telefônica realizada neste domingo.

Este foi o primeiro contato entre os dois desde que Netanyahu assumiu o cargo, no dia 31 de março.

Segundo o governo israelense, a conversa foi "amigável" e Netanyahu "relembrou conversas anteriores, episódios em que os dois colaboraram e como ele pretende continuar desta forma para alcançar a paz".

Estado palestino

Mas Netanyahu ainda não se disse a favor da criação de um Estado palestino, uma reivindicação fundamental dos palestinos, apoiada pelos EUA e a União Europeia.

Durante sua campanha eleitoral, ele disse estar disposto a negociar com os palestinos mas seria prematura a criação de um Estado. Ao invés disso, ele disse que ofereceria aos palestinos o que chamou de "paz econômica".

Netanyahu lidera uma coligação majoritariamente de direita.

O ministro das Relações Exteriores do pais, Avigdor Lieberman, do partido de extrema direita Israel Beiteinu, rejeitou algumas iniciativas passadas dos EUA para a paz no Oriente Médio.

Ele disse que Israel está livre para rever o compromisso assumido anteriormente de aceitar a criação de um Estado palestino.

Mas no sábado, o negociador chefe palestino disse que para que as negociações de paz tenham início, é fundamental que Israel declare que apóie a criação de um Estado palestino.

Notícias relacionadas