Descoberta grande colônia de orangotangos na Indonésia

Foto de orangotango em um zôológico americano
Image caption Os orangotangos correm risco de extinção

Foi descoberta na Indonésia uma grande colônia de orangotangos, um dos primatas mais ameaçados de extinção do mundo.

Cientistas dizem que o grupo de símios descoberto em uma parte remota da ilha de Bornéo tem entre mil e dois mil indivíduos.

A existência da colônia foi comunicada aos cientistas por moradores locais.

"Os reclusos primatas de pelo vermelho foram descobertos em uma região montanhosa e inacessível", disse Erik Meijaard, um dos responsáveis pela descoberta.

Refúgio

A viagem para a região demorou 10 horas de carro, outras cinco de barco e duas horas de caminhada.

A equipe descobriu cerca de 200 ninhos em um raio de poucos quilômetros e viu três orangotangos de perto, a mãe com seu bebê e um grande macho, que lhes atirou galhos de árvore.

O cientistas dizem que é possível que a colônia descoberta seja uma espécie de ‘campo de refugiados', abrigando macacos fugitivos de outras regiões.

Calcula-se que existam ainda cerca de 50 mil orangotangos vivendo livres nas florestas tropicais da Indonésia e Malásia.

Mas a área que lhes serve de habitat vem diminuindo, dando lugar a plantações.

Os cientistas indonésios trabalham agora com grupos locais para proteger a área.