Homem sequestra avião na Jamaica

Um homem armado sequestrou um avião de passageiros no balneário de Montego, na Jamaica, e ainda mantém cinco membros da tripulação como reféns nesta segunda-feira.

Ao todo, havia 182 pessoas a bordo do avião fretado pela CanJet, entre elas, 169 passageiros, que foram libertados.

O avião deveria ter partido para Halifax, no Canadá, no domingo à noite, quando foi invadido pelo sequestrador, que tinha ultrapassado barreiras de segurança depois de fazer o check-in e entrou na nave brandindo uma arma de fogo.

A polícia e os serviços de segurança isolaram o aeroporto e cercaram o avião. A segurança no aeroporto de Montego, o mais moderno do Caribe, é considerada boa.

Todos os passageiros foram retirados com segurança do avião, mas a tripulação da CanJet e o sequestrador permanecem a bordo, disse a CanJet num comunicado.

O ministro da Informação da Jamaica, Daryl Vaz, disse à CNN que dois tripulantes foram soltos, mas cinco continuam em posse do sequestrador. Vaz afirmou que o sequestrador é "um jovem mentalmente incapaz" e que ele está exigindo ser levado para Cuba.

O sequestrador teria assaltado os passageiros. A maioria foi liberada meia hora depois. Também há informações de que ele teria disparado um tiro, mas ninguém ficou ferido.

"A gente entende que, entre as pessoas que permanecem a bordo, ninguém está ferido", afirma o comunicado da CanJet.

A maior parte dos passageiros foi levada para um hospital local, alguns deles sofrendo de choque.

Notícias relacionadas

Links de internet relacionados

A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos de internet