Diretor de agência hipotecária dos EUA é encontrado morto

Fachada de escritórios da Freddie Mac (foto de arquivo)
Image caption David Kellermann tinha 41 anos e trabalhava na Freddie Mac havia 16

O diretor financeiro da agência hipotecária americana Freddie Mac, David Kellermann, foi encontrado morto nesta quarta-feira em sua casa nos arredores de Washington, informou a polícia local.

Kellermann tinha 41 anos e trabalhava na Freddie Mac havia 16 anos. Ele havia assumido a diretoria financeira da empresa em setembro de 2008. O executivo foi encontrado morto por sua esposa, que chamou a polícia pouco antes das 5h (no horário local, 6h em Brasília).

A polícia disse que não há suspeita de crime na morte de Kellermann, mas não confirmou rumores de que ele tenha se suicidado.

O diretor executivo interino da empresa, John Koskinen, disse que a morte de Kellermann é uma "terrível tragédia pessoal'.

"David era um amigo para muitos na família da Freddie Mac, e lamentamos sua morte", disse Koskinen.

Golpe

Kellermann era responsável pelos controles financeiros da Freddie Mac, além de supervisionar o orçamento anual e o planejamento financeiro da empresa.

Sua morte representa mais um golpe para a Freddie Mac, depois da renúncia do diretor executivo da empresa, David Moffett, em março, apenas seis meses depois de ter assumido o cargo.

Ao lado da Fannie Mae, a Freddie Mac responde por mais de metade das hipotecas nos Estados Unidos.

A empresa recebeu US$ 13,8 bilhões (cerca de R$ 30,5 bilhões) em ajuda federal americana no ano passado.

Em março, a Freddie Mac revelou perdas US$ 50,1 bilhões (aproximadamente R$ 110,5 bilhões) em 2008 e disse que pretendia pedir um auxílio adicional de US$ 31 bilhões (R$ 68,4 bilhões) ao governo americano.

Notícias relacionadas