Austrália vai lançar plano bilionário de rearmamento

Image caption Dudd disse que o país não está preocupado só com a China

A Austrália deve anunciar no domingo um plano para re-equipar nas próximas duas décadas suas Forças Armadas no valor de US$ 73 bilhões.

O país pretende comprar, entre outros equipamentos, 100 jatos, 24 helicópteros de combate e 12 submarinos para substituir a frota atual de seis unidades.

Correspondentes dizem que a Austrália estaria preocupada com os grandes gastos militares da China.

O ministro de Defesa australiano, Joel Fitzgibbon, disse que o país reconhece que o surgimento de novas potências pode levar a uma maior competição militar.

"Temos que poder defender nosso país sem necessariamente precisar da ajuda de outros países", disse ele.

Mas o premiê australiano, Kevin Rudd, negou que o plano seja uma resposta específica à China.

"Em certas áreas da região da Ásia-Pacífico existe um fortalecimento das Forças Armadas", disse ele.

"Nós precisamos simplesmente adotar uma atitude calma, apropriada e responsável para o futuro."

Notícias relacionadas