Mulher de Berlusconi diz que vai pedir divórcio

Veronica e Silvio Berlusconi
Image caption Veronica Berlusconi já havia criticado publicamente o marido antes

A mulher do premiê italiano, Silvio Berlusconi, anunciou que vai entrar na Justiça com um pedido de divórcio, segundo relatos publicados na mídia italiana neste domingo.

Veronica Berlusconi afirmou ter tomado a decisão após ler relatos sobre a presença de seu marido em uma festa de aniversário de 18 anos em Nápoles, da filha de um aliado político.

Ela disse que não pode permanecer com um homem que "se corresponde com menores".

"Fui forçada a tomar essa decisão e não quero acrescentar nada mais", afirmou Veronica, de 52 anos, ao jornal La Stampa.

O premiê, de 72 anos, não comentou as notícias sobre o divórcio. O casal tem três filhos adultos.

Silvio Berlusconi havia afirmado anteriormente lamentar que sua mulher "aparentemente acredite em tudo o que lê nos jornais", dizendo sofrer uma campanha difamatória por parte da "imprensa esquerdista".

Na última semana, Veronica já havia criticado o marido pela proposta de incluir jovens modelos do sexo feminino na lista de seu partido nas eleições para o Parlamento Europeu.

Há dois anos, Veronica criticou o marido em uma carta a um jornal italiano por supostamente flertar com mulheres jovens em uma festa, levando o premiê a emitir um pedido público de desculpas.

Notícias relacionadas