Austrália

Britânico ganha emprego de zelador de ilha paradisíaca; veja

Você precisa da versão correta do Flash Player para ter acesso a este conteúdo

Baixar a versão correta

Executar formatos alternativos de arquivos multimídia

Um britânico de 34 anos foi escolhido o novo zelador de uma ilha paradisíaca na Austrália depois de competir com outros 35 mil candidatos.

A disputa pela vaga fazia parte de uma campanha para promover a ilha e que oferecia o que foi descrito como o "melhor emprego do mundo".

Ben Southall, que trabalha na arrecadação de fundos para uma ONG em Petersfield, na Inglaterra, será o zelador da ilha na costa do Estado de Queensland, na Austrália.

No novo emprego, com salário de US$ 110 mil por ano (cerca de R$ 234 mil), Southall terá que viver por seis meses na ilha de Hamilton, localizada em meio à barreira de corais australiana.

O processo de seleção - uma campanha mundial para escolher o novo zelador - foi também uma estratégia de marketing para promover o turismo na Austrália, que vem decaindo com a recessão global.

Southall foi escolhido entre 16 finalistas que competiam pela vaga.

O anúncio foi feito em uma cerimônia organizada pelo departamento de turismo de Queensland, com a presença de todos os finalistas, no estilo de programas de TV "realidade".

Southall foi parabenizado pelos outros concorrentes depois de ter o nome anunciado. Além do salário, a vaga de zelador é oferecida com uma casa de três quartos na beira da praia, com piscina e um carrinho de golfe.

O emprego ainda exige que Southall "explore as ilhas da barreira de coral, nade, mergulhe com snorkel, fique amigo dos moradores locais e aproveite o clima e estilo de vida da ilha australiana".

As autoridades de Queensland receberam fichas de inscrição de candidatos de quase todos os países, com exceção da Coreia do Norte e de alguns países africanos.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.