Gripe suína: serviços reabrem após paralisação no México

Player

Você precisa da versão correta do Flash Player para ter acesso a este conteúdo

Baixar a versão correta

Executar formatos alternativos de arquivos multimídia

Os restaurantes e lojas do México voltaram a abrir normalmente nesta quarta-feira, após cinco dias de paralisação devido ao surto de gripe suína no país. O trânsito voltou ao normal e centenas de camelôs retornaram às ruas na Cidade do México.

Mas ainda há vários sinais de que a gripe suína continua preocupando a população. Muitos mexicanos não saem de casa sem máscaras e lenços, com medo de serem contaminados.

As universidades na Cidade do México só vão abrir a partir de quinta-feira, e as escolas primárias ficarão fechadas até a semana que vem.

A paralisação de todos os serviços não-essenciais foi decretada pelo governo no México na semana passada, já que o país é considerado o epicentro do vírus da gripe suína, que já infectou 1,9 mil pessoas em 21 países. No México, 42 pessoas já morreram.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.