Porsche propõe fusão à Volkswagen

Image caption A Porsche vai continuar construindo seus carros de luxo

A montadora alemã Porsche anunciou, nesta quarta-feira, que vai propor uma fusão com a também alemã Volkswagen, empresa da qual já é acionista majoritária.

A Porsche disse, por meio de um comunicado, que deseja "a criação de um grupo integrado de fabricantes automobilísticos".

A empresa disse esperar completar as negociações com a Volkswagen - a maior montadora europeia - e representantes de empregados dentro de quatro semanas.

A fusão uniria 10 marcas, nove da Volkswagen e uma da Porsche, cada uma delas mantendo sua independência.

A Porsche abandona assim o plano de controlar acionariamente a Volkswagen, de quem já possui 51% das ações.

No início do ano, a empresa havia anunciado planos de chegar a 75% das ações da Volkswagen, mas os cancelou em favor da fusão.

Mesmo 75% das ações da Volkswagen não garantiriam à Porsche controle total da empresa, já que uma regra da empresa garante ao governo da região alemã da Baixa Saxônia, detentor de 20% das ações, veto em decisões estratégicas.

Notícias relacionadas