Titular de poesia de Oxford renuncia após campanha de difamação

Ruth Padel
Image caption Cadeira de poesia em Oxford é uma das mais influentes na poesia britânica

A primeira mulher a ocupar o cargo de professora titular de poesia da Universidade de Oxford renunciou ao cargo depois de suspeitas sobre seu papel em uma campanha de difamação contra o concorrente favorito à cadeira.

Mas Ruth Padel afirma que não adotou táticas escusas e que não fez "nada intencionalmente" para levar o concorrente Derek Walcott a desistir da cadeira.

Walcott, de 79 anos - apontado como o favorito para o título - retirou sua candidatura no dia 13 de maio depois que uma campanha de cartas anônimas trouxe à tona uma acusação de assédio sexual feita contra ele em 1982.

A saída de Walcott abriu caminho para a vitória de Ruth Padel, eleita para a Cadeira de Poesia no dia 16 de maio com 297 votos compilados entre estudantes e acadêmicos de Oxford. Ela se tornou a primeira mulher a ocupar o cargo desde sua criação em 1708.

Uma porta-voz da Universidade de Oxford disse que a instituição "respeitou" a decisão de Patel.

"Este foi um capítulo difícil para todos os envolvidos e talvez agora seja necessário um período de reflexão", disse ela.

Walcott desistiu de concorrer ao cargo depois que acadêmicos de Oxford receberam mais de 100 cartas anônimas que teriam detalhado as alegações feitas contra ele.

O poeta descreveu a campanha como "baixa e degradante".

Campanha indecente

Padel, no entanto, insiste que não participou da campanha.

"Como resultado da preocupação com estudantes eu, ingenuamente - e em retrospecto, de modo pouco inteligente - passei para dois jornalistas, que eu acreditava estarem cobrindo o processo de seleção de forma responsável, informações que já eram de domínio público", disse ela.

"Eu agi em completa boa fé e teria ficado satisfeita em perder para Derek, mas percebo que as pessoas podem ter interpretado minhas ações de outra maneira", acrescentou.

"Desejo o que for melhor para a universidade e entendo que a opinião está dividida. Por conta disso, renuncio à minha Cadeira de Poesia. Espero que as feridas agora cicatrizem e desejo ao próximo professor tudo de melhor."

A poetisa ainda prometeu fazer uma declaração pessoalmente durante o festival de literatura de Hayes, nesta terça-feira.

Um dos que a nomearam, AC Grayling, professor de Filosofia da Universidade de Bircbeck, disse à BBC que ela fez bem em renunciar.

"Teria sido maravilhoso ter uma mulher como titular de poesia em Oxford, se tivesse sido uma disputa limpa e clara."

"Portanto, é extremamente decepcionante que as coisas tenham ocorrido desta forma e que este tipo de campanha... indecente, tenha sido orquestrada contra Derek Walcott."

Notícias relacionadas

Links de internet relacionados

A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos de internet