França

Prisioneiros de bicicleta largam em versão penal de Volta da França

Você precisa da versão correta do Flash Player para ter acesso a este conteúdo

Baixar a versão correta

Executar formatos alternativos de arquivos multimídia

Cerca de 200 prisioneiros franceses participam, a partir desta quinta-feira, da primeira Volta da França penal a ser realizada no país.

Os 194 detentos, acompanhados por 124 guardas e instrutores de esporte, vão partir de Lille, no norte do país, e pedalar por cerca de 2.400 km até chegar a Paris.

Ao longo do caminho, os prisioneiros vão parar para dormir em 17 cidades - todas elas com uma prisão.

Eles vão ter que pedalar em um único grupo, não vão ser classificados por colocação diária e, por razões óbvias, nenhum ciclista será autorizado a correr sozinho.

Volta da França

Volta da França é uma das mais conhecidas provas do ciclismo mundial

As autoridades penitenciárias esperam que a "corrida" ajude os detentos a aprender valores como trabalho em equipe e auto-estima.

Todos os participantes cumprem penas entre cinco e dez anos de prisão.

"É uma espécie de fuga para a gente, uma chance de escapar da realidade diária da prisão", disse um prisioneiro identificado como Daniel no lançamento do projeto, no mês passado.

"Se nos comportarmos bem, poderemos sair da prisão mais cedo, em condicional", disse ele.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.