Grã-Bretanha

Funcionária de creche britânica é presa por abuso sexual

Vanessa George

Britânica também é acusada de distribuir fotos impróprias de crianças

A britânica Vanessa George, de 39 anos, foi presa na noite da última segunda-feira por quatro acusações de abuso sexual e três de distribuição de fotos impróprias de crianças.

Vanessa ficará sob custódia policial na região de Efford, no sul da Inglaterra, até quinta-feira, quando terá de comparecer a um tribunal local para responder às acusações.

A polícia informou que algumas das fotos descobertas na investigação foram apreendidas na creche Little Ted, onde Vanessa trabalhava. A creche - que cuida de aproximadamente 60 crianças - permanece fechada desde a prisão de Vanessa e não há previsão de quando será reaberta.

O chefe da polícia local, Russ Middleton, disse estar seguro de que algumas das fotos foram tiradas na creche, mas acrescentou que provavelmente não será possível descobrir a origem de todas as imagens.

Caso "sensível"

Aproximadamente 40 policiais, incluindo investigadores sobre crime na internet, estão trabalhando no caso. A polícia confirmou que especialistas de serviços de assistência à criança também estão envolvidos na operação.

Em entrevista coletiva, o superintendente regional da polícia, Jim Webster, disse se tratar de "um caso muito sensível" e de "uma situação dolorosa".

A polícia informou que trabalha para identificar as crianças que aparecem nas imagens apreendidas, mas adiantou que nem todas as fotos poderão ser reconhecidas já que algumas delas foram tiradas sem que os rostos aparecessem.

As autoridades locais afirmam que continuarão a oferecer todo o apoio possível às crianças e às famílias que utilizavam os serviços da creche. Até agora, 95 famílias já foram contactadas.

Vanessa George foi presa depois que autoridades de Manchester entraram em contato com a polícia local para informar sobre a prisão de um homem de 38 anos acusado de posse e distribuição de fotos impróprias de crianças.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.