Condutores de metrô lerão citações de pensadores a passageiros em Londres

Metrô de Londres
Image caption Metrô de Londres já oferece poesias em espaços publicitários nos vagões

As anúncios feitos aos passageiros pelos condutores no metrô londrino vão incluir, além das habituais informações sobre o serviço, palavras de grandes pensadores como Gandhi, Albert Einstein e Jean-Paul Sartre.

O artista plástico britânico Jeremy Deller, que foi indicado ao Turner Prize - o mais importante prêmio de arte contemporânea britânico -, reuniu uma lista de citações que serão lidas pelos condutores dos trens do metrô na linha Piccadilly, que cruza o centro da cidade.

A iniciativa seria uma tentativa de fazer com que a viagem no metrô seja mais agradável - e que faça com que os passageiros reflitam.

O sistema de metrô da capital britânica já tem uma iniciativa parecida, "Poemas no Metrô", lançada em 1986, que usa os espaços de publicidade dentro dos vagões para divulgar poesias.

O metrô de Londres também tem uma longa tradição de mais de um século de promover a arte em sua rede.

No começo de 2009, em uma outra inciativa, livros eram emprestados de graça aos passageiros do lado de fora de cinco estações do metrô.