Consulado nega que suicida da Torre Eiffel era brasileira

Torre Eiffel
Image caption A jovem se jogou de uma altura de 50 metros

O consulado brasileiro em Paris disse à BBC Brasil que a jovem que morreu após se jogar da Torre Eiffel na quinta-feira não é brasileira, desmentindo informações publicadas pela imprensa britânica.

O jornal britânico Daily Mail publicou, nesta sexta-feira, que a jovem teria 18 anos e seria brasileira - informação negada pelo Consulado.

“A jovem, de 17 anos, é da Costa do Marfim e se chama Sara”, informou à BBC Brasil o responsável pelo plantão consular, que prefere não ser citado.

Segundo ele, “não há dúvidas em relação ao fato de que a jovem que se suicidou não é brasileira”.

O diplomata afirmou ter recebido do responsável no Consulado pela assistência aos brasileiros no exterior, a confirmação sobre a nacionalidade da jovem.

Suicídio

Segundo o Daily Mail, ela teria escapado da segurança da Torre Eiffel e saltado de uma altura de 50 metros.

Ela teria caído sobre o teto de um restaurante situado próximo à Torre. A publicação afirma ainda que os irmãos da garota tentaram impedir que a irmã se jogasse da Torre.

Ainda segundo o jornal britânico, um garçom afirmou que o barulho do impacto do corpo “foi como uma bomba que fez o teto desabar”.

Notícias relacionadas