Governo do Iraque proíbe visitas a túmulo de Saddam

Saddam Hussein
Image caption Tumba do ex-presidente iraquiano tornou-se lugar de peregrinação para seguidores

O governo do Iraque proibiu todas as visitas organizadas ao túmulo do ex-presidente do país, Saddam Hussein.

Enforcado em 2006, após ter sido condenado por crimes contra a humanidade, Hussein está enterrado no vilarejo onde nasceu.

Seguidores ainda visitam regularmente o túmulo em Awja, onde ele está enterrado ao lado de dois de seus filhos.

O governo iraquiano tomou a decisão de proibir visitas organizadas após escolas da região terem promovido visitas de alunos ao local.

Em um comunicado, o governo afirma ter enviado instruções para o Ministério da Educação e autoridades locais proibindo-os de organizar visitas ao túmulo do ex-presidente.

Segundo o correspondente da BBC em Bagdá, Gabriel Gatehouse, o túmulo, perto do antigo reduto pró-Saddam de Tikrit, continua sendo um local de peregrinação para os que o apoiavam.

Milhares já visitaram o local desde a execução do ex-líder iraquiano.

Notícias relacionadas