Honduras suspende toque de recolher

Manifestação pró Zelaya
Image caption Partidários de Zelaya tem feito manifestações quase diárias

O governo interino de Honduras suspendeu o toque de recolher noturno, que estava em vigor desde que o presidente eleito, Manuel Zelaya, foi retirado do poder, há duas semanas.

Em um pronunciamento na televisão, o governo interino de Roberto Micheletti disse que a medida "atingiu seu objetivo" de sufocar os protestos da oposição.

"O governo conseguiu não só reduzir o crime em todo país, como também restaurar a calma para o povo de Honduras."

Zelaya foi retirado do poder e forçado a deixar o país sob a mira de uma arma no dia 28 de junho.

Ele tentou voltar ao país no fim de semana seguinte, mas foi impedido pelo governo interino, que ordenou que veículos militares bloqueassem a pista do aeroporto. Pelo menos um partidário de Zelaya foi morto em confrontos.

Leia mais: Zelaya pede sanções legais ao governo interino

A crise política em Honduras começou depois que Manuel Zelaya tentou realizar um referendo para perguntar à população se apoiava mudanças na constituição.

A oposição diz que isso teria levado à remoção do atual limite de um mandato para o presidente e teria aberto caminho para uma possível reeleição de Zelaya.