Obama quer estreitar laços comerciais com o Brasil, diz Dilma

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (Foto: Antonio Cruz/ABr, 3 de julho)
Image caption Dilma visitou Washington para participar de fórum empresarial

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou, nesta terça-feira, após um encontro com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em Washington, que o líder americano teria expressado a intenção de estreitar os laços comerciais com o Brasil.

O encontro entre Dilma e Obama aconteceu durante uma reunião da qual também participaram o ministro do Desenvolvimento, Miguel Jorge, o assessor da Casa Branca para assuntos econômicos, Lawrence Summers, e o conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, James Jones.

Após o encontro, a ministra afirmou, em uma coletiva de imprensa, que Obama teria destacado a importância das relações entre os dois países e teria expressado o interesse do governo norte-americano em aproximar Brasil e Estados Unidos.

Segundo as agências de notícias internacionais, Dilma teria classificado as declarações de Obama como uma “forte demonstração de apoio”.

A ministra-chefe da Casa Civil também afirmou que, durante a reunião, o presidente dos Estados Unidos teria expressado a intenção de promover medidas para o combate ao protecionismo.

Dilma Rousseff visitou Washington para participar da 4ª Reunião do Fórum de Altos Executivos de Empresas do Brasil e dos Estados Unidos, que reúne representantes de vinte grandes companhias dos dois países.

O último encontro dos integrantes do fórum havia acontecido em outubro do ano passado em Brasília.