Para diminuir poluição, Calcutá proíbe veículos com mais de 15 anos

Táxi em Calcutá
Image caption Proibição afeta cerca de 6,5 mil táxis de Calcutá

Veículos comerciais com mais de 15 anos de fabricação estão proibidos de circular a partir deste sábado em Calcutá, na Índia, como parte de um esforço para tentar reduzir o nível de poluição na cidade.

Segundo o Ministério dos Transportes do país, a restrição afeta cerca de 3 mil ônibus e micro-ônibus, 6,5 mil táxis e até riquixás motorizados.

A decisão de implementar a proibição veio depois da divulgação de um estudo feito pelo maior instituto indiano de pesquisa do câncer, em 2007, que mostrou que 70% dos habitantes de Calcutá sofrem de problemas respiratórios provocados pela poluição.

Calcutá é a terceira cidade mais populosa da Índia, com mais de 14,2 milhões de habitantes.

Greve

Segundo o correspondente da BBC na cidade, Rahul Tandon, a proibição conta com o apoio de muitos moradores, mas muitos estão preocupados sobre como vão fazer para ir ao trabalho a partir da segunda-feira.

Donos das operadoras de transporte público criticaram a decisão.

Na sexta-feira, sindicatos que representam taxistas e funcionários de empresas de ônibus cancelaram uma greve que fariam em protestos contra a proibição, mas ameaçam realizar uma paralisação no futuro.

As operadoras dizem que estão dispostas a passar a usar combustíveis mais limpos ou a comprar novos veículos, mas afirmam que precisariam de empréstimos facilitados para conseguir realizar isso.

Notícias relacionadas