Turbulência deixa 26 feridos em voo entre Rio e Houston

Boeing da Continental no aeroporto de Miami
Image caption Boeing da Continental partiu do Rio de Janeiro para Houston

Pelo menos 26 pessoas ficaram feridas quando um avião da companhia aérea americana Continental Airlines que decolou do Rio de Janeiro foi atingido por uma forte turbulência.

O Boeing 767, com 179 pessoas a bordo, voava com destino a Houston, no Estado americano do Texas, e foi obrigado a fazer um pouso de emergência em Miami.

Ambulâncias e carros de bombeiros já estavam de prontidão no local.

Segundo a Administração Federal de Aviação americana (FAA, na sigla em inglês), a turbulência ocorreu quando o avião sobrevoava o norte da República Dominicana, a 11,6 mil metros de altitude, por volta das 4h30 desta segunda-feira (hora local, 5h30 em Brasília). O pouso ocorreu cerca de uma hora depois.

Hospitais

Um porta-voz do Corpo de Bombeiros de Miami afirmou que 13 pessoas foram levadas a hospitais - quatro delas com graves ferimentos nas costas e no pescoço.

Uma caminhonete normalmente usada para entregar bandejas com o serviço de bordo, dotada de uma espécie de elevador hidráulico, foi utilizada para a remoção mais rápida dos feridos.

De acordo com autoridades, os demais feridos e os outros passageiros foram levados em outro avião para Houston horas depois.

O jornal Miami Herald informou que o Boeing da Continental vai permanecer em Miami até ser liberado pela FAA.

O diário também afirmou que investigadores da FAA já estão interrogando tripulantes e analisando o avião.

O órgão deve verificar se outras aeronaves que passaram pela região da República Dominicana no mesmo horário enfrentaram turbulência.

Notícias relacionadas

Links de internet relacionados

A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos de internet