áfrica

Na África, Hillary se irrita ao ser questionada sobre opinião do marido

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, ficou irritada nesta segunda-feira durante uma entrevista com estudantes na República Democrática do Congo ao ser questionada sobre a opinião do marido, Bill Clinton, em assuntos de política externa.

Hillary participava de um encontro com estudantes na capital, Kinhasa, quando um dos alunos perguntou o que Bill Clinton achava de um acordo entre o governo congolês e a China.

“Meu marido não é secretário de Estado, eu sou”, disse Hillary, aparentemente irritada com a pergunta.

“Se você quer saber a minha opinião, te responderei minha opinião, mas eu não serei um canal para o meu marido”, disse.

A visita da secretária de Estado ao país faz parte da última etapa de sua viagem por sete países africanos.

Na terça-feira, Hillary parte para Goma, onde tem uma reunião com o presidente, Joseph Kabila, e participará ainda de uma mesa redonda sobre a questão da violência sexual.

Na última semana, durante uma visita ao Quênia, Hillary recebeu uma oferta de vacas e cabras de um vereador queniano pela mão de sua filha , Chelsea Clinton.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.