Loteria italiana acumula e pagará prêmio recorde de R$ 355 milhões

Turista alemã que foi à Itália para comprar bilhetes de loteria (AP, 13 de agosto)
Image caption Concurso levou alemães para Itália apenas para comprar bilhetes

Nenhum apostador venceu o sorteio da quinta-feira da loteria italiana SuperEnalotto e o prêmio, que está acumulado desde janeiro, atingiu o nível recorde de 135,9 milhões de euros (o equivalente a R$ 355 milhões).

O prêmio da SuperEnalotto, que agora deve ser sorteada na segunda-feira, é o maior já acumulado em uma loteria na Itália.

Pessoas até de outros países da Europa viajaram à Itália nos últimos dias para participar do sorteio de quinta-feira.

Um concurso organizado na Alemanha, por exemplo, deu 140 passagens de avião entre Berlim e Milão, na Itália, apenas para que os apostadores pudessem comprar os bilhetes da loteria em uma loja no aeroporto, retornando para casa logo depois.

Postos de controle nas fronteiras da Itália com Eslovênia, França e Áustria também registraram um aumento no movimento nos últimos dias, com apostadores entrando no país apenas para comprar os bilhetes.

Entretanto, ninguém acertou a combinação de seis números e o prêmio acumulou novamente.

''Adoração''

O sorteio da SuperEnalotto acontece três vezes por semana – aos sábados, segundas e quintas-feiras – mas, devido a um feriado neste sábado, o próximo está programado para a segunda-feira.

Matemáticos estimam que as chances de acertar a combinação de seis números é de 622 milhões para 1.

Nem todos estão felizes com o frenesi causado pela loteria italiana.

A conferência dos bispos da Itália afirmou, nesta semana, que o jogo “é imoral e alimenta esperanças desesperadas”.

Já o bispo Domenico Sigalini, da cidade de Palestrina, afirmou à Rádio Vaticano que a loteria “virou uma forma de culto, já que o homem está adorando o dinheiro no lugar de Deus”.

Notícias relacionadas