Chegada de Obama cria expectativa em Martha's Vineyard

Camiseta diz "Eu passei férias com Obama".
Image caption Camiseta diz "Eu passei férias com Obama".

"Ele já chegou?" "Parece que viram Michelle jantando num restaurante ontem à noite." "Tenho certeza que ele já chegou. Eu ouvi ontem os helicópteros”.

Acostumada a receber regularmente astros hollywoodianos e políticos, a ilha de Martha's Vineyard passou os últimos dias vivendo uma onda de boataria e em compasso de espera para receber uma das maiores celebridades atuais dos Estados Unidos, o presidente Barack Obama, acompanhado de sua mulher, Michelle e de suas duas filhas, Sasha e Malia.

A chegada de Obama está prevista para este domingo. Em meio à maior crise econômica dos últimos 50 anos nos Estados Unidos e um tenso debate nacional a respeito do projeto de plano de saúde defendido pelo líder americano, Obama optou por uma estadia curta, de apenas uma semana.

A ilha no Estado de Massachusetts têm sido um tradicional local de veraneio para nomes que vão do cineasta Spike Lee, passando pela cantora Tina Turner até o casal Bill e Hillary Clinton.

Image caption Chegada da família presidencial movimentou Martha's Vineyard.

O ex-presidente Clinton chegou a passar férias em Martha's Vineyard em seis ocasiões. A mais longa delas foi uma temporada de três semanas.

Conforto e luxo

A atenção em torno da estadia de Obama é tão grande que até ofuscou uma informação não confirmada, a de que a filha do casal Clinton, Chelsea, irá se casar na ilha neste fim de semana.

A despeito da prudência na duração de suas férias, não faltará conforto e luxo para a família Obama. Eles deverão se hospedar na fazenda Blue Heron, cujo aluguel, segundo o jornal local Vineyard Gazette, oscila entre US$ 35 mil a US$ 50 mil (entre R$ 65 mil e R$ 93,5 mil) - segundo a Casa Branca, o casal Obama irá pagar pelas férias de seu próprio bolso.

A fazenda de 115 mil metros tem campo de golfe, piscina natural, cinema, adega de vinhos, um quarto com vistas para um lago e uma praia particular.

Não estão previstas aparições públicas por parte de Obama nem quaisquer pronunciamentos, mas existe a possibilidade de que ele venha a visitar o senador Edward Kennedy, que está com câncer.

Image caption Restaurante criou menu especial para estadia de Obama.

Mesmo sem Obama dar as caras pela cidade, a cara dele está em todas as partes, quer seja em camisetas com dizeres como ''Eu passei as férias com Obama", em fotos dispostas em vitrines, ou até no cardápio de restaurantes, como o Sharky's, de Oak Buffs, que criou um menu inspirado no presidente, com pratos como o Barack-O-Taco e uma Obamarita, uma margarita feita com tangerinas, supostamente a fruta favorita do líder americano.

Mas ciente da gravidade do momento atual americano, o Sharky's oferece uma lista de coisas que Obama precisa fazer em Martha's Vineyard, conciliando lazer e trabalho.

Além de saborear o taco e a margarita que levam o seu nome, o visitante ilustre precisa também aprovar sua proposta de reforma de saúde e, por fim, adquirir uma casa na ilha.

Notícias relacionadas