áfrica

Menino de 12 anos sobrevive após 8 dias perdido entre animais selvagens em parque

Leão

O menino disse ter ouvido rugidos de leões no local onde se perdeu

Um menino moçambicano de 12 anos sobreviveu após passar oito dias perdido sozinho entre animais selvagens no Parque Nacional Kruger, no nordeste da África do Sul.

Alex Mboweni surpreendeu os policiais que o encontraram por ter conseguido sobreviver tomando água de fontes utilizadas também por animais como leões e elefantes.

Ele se perdeu quando sua família tentava atravessar ilegalmente a fronteira entre Moçambique e a África do Sul e teve que correr após ser surpreendida por guardas.

Durante a travessia da família pela fronteira, a mãe de Alex foi detida pela polícia. Seu pai conseguiu escapar, mas posteriormente foi a uma delegacia para relatar o sumiço do filho.

Rugido de leões

“Eu me perdi e nunca pensei que alguém fosse me encontrar vivo. Não sabia onde eu estava nem para onde ir... No primeiro dia, quando o sol se pôs, eu me sentei perto de um formigueiro para ficar aquecido”, disse o menino ao jornal sul-africano The Daily Sun.

“Eu ficava com muito medo à noite. Eu ouvia leões rugindo e outros animais fazendo barulho. Eu estava com sede, mas não consegui achar nada de água por dois dias”, contou.

Ele disse que, no terceiro dia, encontrou um rio do qual podia beber, mas animais selvagens também iam ao rio para beber água.

“Quando eu estava bebendo água, um elefante enorme veio na minha direção e eu saí correndo. Eu ia ao rio uma vez por dia para beber água, mas fui ficando cada vez mais fraco”, relatou.

Após os pais de Alex avisarem sobre seu desaparecimento, vários policiais foram enviados com eles ao local para tentarem resgatá-lo.

O menino diz que no oitavo dia, quando já se sentia fraco demais para andar, ele ouviu a voz de sua mãe gritando por ele e conseguiu ir até onde ela estava.

A mãe de Alex se disse aliviada de reencontrar o filho. “Achei que ele tinha sido comido pelos leões e que não havia muita chance de encontrá-lo vivo”, disse.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.