Polícia dos EUA acredita ter encontrado sequestrada há 18 anos

Foto sem data de Jaycee Lee Dugard (AP, arquivo)
Image caption Dois suspeitos do sequestro foram detidos pela polícia

A polícia da Califórnia, nos Estados Unidos, acredita ter encontrado viva uma mulher que foi sequestrada por desconhecidos em 1991, quando tinha apenas 11 anos.

Segundo informações divulgadas pela imprensa americana, a mulher, que tem 29 anos de idade, teria procurado um posto policial na cidade de Antioch, na Califórnia, afirmando ser Jaycee Lee Dugard, que foi sequestrada há 18 anos.

De acordo com o repórter da BBC Rajesh Mirchandani, que está em Los Angeles, um porta-voz da polícia local afirmou que testes de DNA estão sendo conduzidos para averiguar a identidade da mulher, mas as autoridades têm quase certeza de que se trata realmente de Dugard.

A garota havia desaparecido em 10 de junho de 1991, quando caminhava até um ônibus escolar perto de sua casa, no leste da Califórnia.

Ela teria sido capturada por duas pessoas, que a forçaram a entrar em um carro.

"Convencidos"

Em uma entrevista à rede de TV americana ABC News, o padrasto de Dugard, Carl Probyn, afirmou que ele e a família estão convencidos de que a mulher é a garota desaparecida.

“Eu havia desistido (de encontrá-la). Agora, ganhei na loteria”, disse.

Probyn contou ter testemunhado o momento em que a filha foi capturada, mas não conseguiu impedir seu sequestro.

O padrasto da garota disse ter poucas informações sobre o que aconteceu com ela nestes 18 anos ou sobre quem a teria sequestrado.

“Ela parece estar bem”, disse. “Ela conversou com minha mulher e pôde lembrar algumas coisas. Espero que ela tenha sido bem tratada nesses 18 anos”, afirmou.

Ainda de acordo com Probyn, a mulher teria tido dois filhos no período.

A polícia teria detido dois suspeitos de estarem relacionados com o sequestro. A identidade deles não foi revelada.

Notícias relacionadas