Áudio atribuído a Bin Laden diz que Obama é incapaz de acabar com guerras

Obama Bin Laden
Image caption Bin Laden estaria escondido na fronteira entre Paquistão e Afeganistão

Uma mensagem gravada em áudio e atribuída ao líder da rede Al-Qaeda, Osama Bin Laden, foi divulgada em um site islâmico na internet, no domingo, dois dias depois de os Estados Unidos terem marcado o oitavo ano dos ataques do 11 de Setembro.

Na página, a gravação, intitulada "Uma declaração ao povo americano", vem acompanhada de uma foto de Bin Laden.

Na mensagem de cerca de dez minutos de duração, uma voz diz ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que ele é "incapaz" de acabar com as guerras no Iraque e no Afeganistão.

A voz ainda fala das motivações para os ataques de 11 de setembro de 2001, citando que entre elas está o apoio dos Estados Unidos a Israel.

'Guerra de atrito'

"Chegou a hora de vocês se libertarem do medo e do terrorismo ideológico dos neo-conservadores e do lobby israelense", diz a mensagem.

"O motivo da nossa disputa com vocês é o seu apoio a seu aliado Israel, que ocupa nossas terras na Palestina."

A voz que é atribuída a Bin Laden também fala de como deve terminar o conflito entre os Estados Unidos e a rede Al-Qaeda.

"Se vocês acabarem com a guerra, então tudo bem. Caso contrário, não teremos outra escolha senão continuar nossa guerra de atrito em todas as frentes... Se vocês escolherem a segurança e o fim das guerras, conforme as pesquisas de opinião mostram, estaremos prontos a responder a isso", afirma.

Especialistas acreditam que Bin Laden esteja escondido nas montanhas da fronteira entre o Afeganistão e o Paquistão.

Em sua última mensagem divulgada em público, em junho, o líder da Al-Qaeda disse que Obama havia "plantado as sementes da vingança e do ódio aos Estados Unidos" no mundo muçulmano.

Notícias relacionadas

Links de internet relacionados

A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos de internet