Gato de 10 kg é destaque em competição de animais de regime

Socrates
Image caption Sócrates pesa mais do que o dobro de seu peso ideal

Um gato pesando 10,1 quilos - mais do que o dobro de seu peso ideal, de 4,5 quilos – é o destaque entre os finalistas de um concurso de dietas para animais de estimação realizado na Grã-Bretanha.

Todos os anos, a ONG de tratamento para animais PDSA realiza o concurso que prevê que os nove finalistas passem por um programa de regime. O prêmio para o animal que perder mais peso é um fim de semana prolongado com seu dono em uma casa de campo no sul da Inglaterra.

O concurso faz parte da campanha da ONG contra a obesidade em animais de estimação.

“O problema de obesidade entre bichos de estimação parece estar piorando a cada ano”, diz a veterinária sênior da PDSA Elaine Pendlebury. “O excesso de comida e a falta de exercícios resultam em aumento de peso e são responsáveis pela maioria dos casos de animais gordos.”

Nos últimos seis anos, a PDSA realizou exames veterinários em mais de 20 mil cães e notou um aumento de mais de 10% nos níveis de obesidade – 28% em 2008, em comparação com 17% em 2003.

Segundo a ONG, os gatos também estão ficando mais gordos e os últimos dados da PDSA indicam que um em cada quatro gatos está acima do peso.

Uma pesquisa recente da PDSA mostrou que entre os lanches mais comuns dados aos bichos de estimação estão carnes gordurosas, queijo, orelhas de porco, batatas fritas, biscoitos e cachorros-quentes.

Socrates

Os veterinários da ONG preparam um programa de dieta personalizado para todos os finalistas da competição.

O gato Sócrates, ou Socs, como é conhecido, começou a ganhar peso nos últimos dois anos, diz seu dono, Bill Duncans, depois que os dois se mudaram para uma casa com menos acesso ao exterior.

Segundo os organizadores, ele é o maior gato já inscrito na competição.

Image caption Smoky, outro dos finalistas, pesa 9,3 kg, quase o dobro de seu peso ideal

“O Socs adora comida e sabe quando é hora de jantar. Ele me acorda para tomar café da manhã todos os dias e vem me procurar às 17h00 em ponto todas as tardes, para seu jantar!”, diz Duncan.

“Eu não tenho dado lanchinhos para ele nos últimos dois anos, mas ele costumava implorar pelos restos, e adorava, especialmente, batatas fritas com sabor de queijo e cebola. Estou determinado a emagrecê-lo.”

“O Socs sempre foi muito preguiçoso. Como vários gatos, ele tem ‘meia hora de loucura’, em que ele corre pela casa sem nenhuma razão aparente, então, ele consegue se mexer quando quer! Mas ele passa a maior parte do dia dormindo, normalmente em uma cadeira embaixo da mesa de jantar, e às noites, comigo, no sofá”, diz Duncan.

Notícias relacionadas