Caixa de panfletos lançada de avião britânico mata criança

Avião Hercules C130 da Raf (arquivo)
Image caption A RAF tenta passar informações aos afegãos com lançamento de panfletos

O Ministério da Defesa da Grã-Bretanha está investigando a morte de uma menina afegã que teria sido atingida por uma caixa de panfletos lançada por um avião da Força Aérea Britânica (RAF, na sigla em inglês).

Os panfletos de informações foram lançados de um avião Hercules na província de Helmand, sul do país, no dia 23 de junho.

A caixa não se rompeu durante a queda, para liberar os panfletos, e caiu em cima da criança, que morreu depois em um hospital da região.

O Ministério da Defesa informou que lamenta o "incidente trágico" e já iniciou uma investigação do caso.

O avião Hercules C130 estava lançando caixas de panfletos informativos sobre uma região rural.

O lançamento de panfletos tem sido usado de forma ampla no Afeganistão, pelos Estados Unidos e Grã-Bretanha para tentar conquistar "corações e mentes" da população.

O Ministério da Defesa não divulgou qual tipo de panfleto foi lançado no incidente, mas os que já foram usados no Afeganistão traziam informações sobre campanha eleitoral, conscientização sobre a presença de minas terrestres e alertas de operações militares em áreas determinadas do país.

Notícias relacionadas