Tratadora é morta nos EUA ao limpar jaula de urso

Uma mulher casada com um comerciante de animais selvagens foi morta por um urso quando limpava a jaula do animal na cidade de Allentown, no Estado americano de Pensilvânia.

Kelly Ann Walz, 37, jogara comida de cachorro para atrair o urso Teddy para um lado da jaula de aço e concreto, enquanto fazia a faxina do outro lado.

No domingo, entretanto, o urso, de cerca de 160 kg, reagiu à entrada da tratadora no seu espaço e a atacou.

Segundo o jornal <i>The New York Times</i>, os filhos acudiram e um vizinho, com uma arma, matou um urso.

Entretanto, a tratadora foi considerada morta na cena do incidente.

De acordo com os jornais americanos, a tratadora cuidava do urso desde o nascimento do animal, nove anos atrás.

Um porta-voz da comissão de animais selvagens da Pensilvânia disse a jornalistas que, normalmente, proprietários de animais selvagens possuem jaulas com dois compartimentos, o que permite isolar os animais em uma seção enquanto a limpeza é feita na outra.

Ele disse que a tática de Kelly Ann de distrair o animal com comida de cães foi "um erro fatal".