Grã-Bretanha

Vândalos atacam 'travestis' e descobrem que eram lutadores de vale-tudo

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Uma noite de bebedeira e violência terminou mal para dois jovens na cidade costeira de Swansea, no País de Gales.

Dean Jonathan Gardener, 19, e Jason Andrew Fender, 22, atacaram um grupo de homens que passavam na rua vestidos de mulher – para descobrir, pouco depois, que os "supostos travestis" eram lutadores de vale-tudo festejando uma despedida de solteiro.

O episódio, flagrado do início ao fim por uma câmera de circuito interno, foi para no site de vídeos YouTube. Minutos antes, os dois haviam se envolvido em outra briga de rua.

As imagens mostram o que parece ser Gardener e Fendner gabando-se de suas habilidades e relembrando momentos do enfrentamento anterior enquanto caminham pela calçada.

Imagens de CCTV mostra troca de socos no centro de Swansea em agosto

Noite de bebedeira e violência terminou mal para os dois jovens

Eles cruzam na rua com os dois homens vestidos de mulher e Gardener resolve abordá-los. Ele peita um deles e depois desfere um soco.

A resposta vem em questão de segundos: um dos lutadores de vale-tudo, em vestido preto e peruca, tenta retribuir a pancada – mas Fendner se coloca entre seu amigo e o rival.

Mas um segundo lutador, que se acerca aos dois pelo outro lado, golpeia com dois diretos certeiros os jovens, que caem na calçada.

Depois que os lutadores partem, as imagens da câmera de circuito interno mostram os dois jovens se levantando e Gardener cambaleando e caindo logo depois. Minutos depois, a polícia prendeu os jovens.

No processo, concluído no início desta semana na corte de Justiça de Swansea, ambos admitiram ter adotado comportamento intimidatório na noite de 30 de agosto.

Imagens de CCTV mostra troca de socos no centro de Swansea em agosto

Defesa reconheceu que jovens haviam bebido muito além da conta

A defesa argumentou que os réus não tinham intenção de se meter em confusão naquela noite, mas haviam bebido muito além dos limites toleráveis.

Gardener e Fendner foram condenados a quatro meses de trabalho comunitário e receberam uma tarja eletrônica para garantir que durante esse período permanecerão em casa entre as 19h00 e as 07h00.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.