Dono do Cirque du Soleil volta do espaço

Guy Laliberte
Image caption Oportunidades para turistas espaciais ficarão mais raras.

O empresário circense canadense Guy Laliberte, dono da companhia Cirque du Soleil, voltou do espaço neste domingo após uma visita de dez dias à Estação Espacial Internacional.

A cápsula Zoyuz que levava Laliberte e dois astronautas aterrisou com sucesso no Cazaquistão.

“A equipe lidou muito bem com a aterrisagem; eles estão se sentindo bem”, disse uma autoridade da área espacial à agência de notícias RIA Novosti.

Imagens de televisão mostraram Laliberte saindo da cápsula com o nariz vermelho de palhaço que ele usou durante a maior parte de sua estadia na estação espacial.

Ele voltou à Terra com o astronauta russo Gennady Padalka e o americano Michael Barrat.

A saída de Padalka deixa o belga Frank de Winne no comando da estação, o primeiro astronauta de fora dos Estados Unidos e da Rússia a ocupar o posto.

Show

Laliberte foi a sétima pessoa a fazer uma viagem turística ao espaço, pela qual teria pagado U$ 35 milhões (cerca de R$ 61 milhões).

As oportunidades para que turistas espaciais visitem a Estação Espacial deverão ficar extremamente raras no futuro.

Image caption Cápsula levando Guy Laliberte e dois astronautas aterrisou no Cazaquistão.

O fim do uso dos ônibus espaciais americanos, previsto para ocorrer entre 2010 e 2011, significará que os assentos nas cápsulas Soyuz serão necessários para uso dos residentes da estação.

No sábado, o empresário apresentou uma performance artística global a partir da Estação Espacial.

Laliberte, que vestiu um nariz vermelho e foi “o primeiro palhaço no espaço”, introduziu artistas e especialistas de 14 países em um show de duas horas, com o objetivo de chamar a atenção para a escassez de água no mundo.

O ex-vice-presidente americano Al Gore, o cantor Bono e a atriz Salma Hayek estavam entre os envolvidos.

O show, chamado Moving Stars and Earth for Water (Estrelas em Movimento e Terra pela Água, em tradução-livre), começou com imagens do empresário na estação. O evento foi classificado pelos organizadores como uma Missão Social Poética.

Ele introduziu então Gore, que faz campanha pelo meio-ambiente e disse que “para resolver a crise climática e salvar nosso planeta e sua beleza é preciso esforço global”.

Estrelas

Durante as duas horas do show, atores, políticos, músicos e ativistas de 14 países – incluindo Brasil, África do Sul, Índia, Japão e Austrália – deram suas mensagens.

Cada artista leu um pedaço de um poema de Tann Martel – que fala da necessidade do acesso à água limpa – e em seguida fez sua performance.

O cantor Bono, do U2, falou ao vivo via satélite com Laliberte durante o show da banda irlandesa em Tampa, na Flórida.

Bono perguntou ao empresário, que ele chamou de “o primeiro palhaço no espaço”, qual sua perspectiva da Terra a partir da estação espacial.

“Eu vejo estrelas,eu vejo escuridão e vazio. Mas o planeta Terra é tão lindo, e também tão frágil”, disse Laliberte.

“Nós não deveríamos esquecer que temos o grande privilégio de viver na Terra.”

Laliberte embarcou rumo ao espaço a partir do Casaquistão no dia 30 de setembro, acompanhado do astronauta russo Maksim Surayev e do americano Jeffrey Williams.

Notícias relacionadas