Polanski está terminando novo filme na prisão, diz roteirista

Roman Polanski (arquivo)
Image caption Polanski ganhou o Oscar em 2002 pelo filme 'O Pianista'

O diretor Roman Polanski, preso no mês passado por acusação de pedofilia, está terminando seu novo filme no cárcere, afirmou o roteirista da obra, Robert Harris.

Falando em um festival de literatura em Cheltenham, na Inglaterra, Harris afirmou que o diretor quer terminar O Fantasma a tempo do festival de cinema de Berlim, em fevereiro do ano que vem.

"Da cela, ele pode dizer o que quer. Não creio que ele possa fazer ligações telefônicas, mas acho que pode se comunicar", disse o escritor ao jornal britânico <i>The Times</i>.

O filme, baseado em um best-seller do próprio Harris, é um <i>thriller</i> que conta a história de um escritor procurado por um ex-primeiro-ministro britânico para escrever suas memórias.

O roteirista disse que a reação do público à nova obra de Polanski, que venceu o Oscar de 2002 por <i>O Pianista</i>, será uma incógnita.

"Vamos testar os limites do ditado segundo o qual não há publicidade ruim", brincou.

Polanski, 76, foi preso na Suíça por conta de uma condenação nos Estados Unidos em 1977 referente à relação sexual mantida com uma garota de 13 anos .

Fugido do país em 1978, ele vinha sendo considerado foragido da Justiça americana desde então. O diretor foi preso na Suíça, que tem um acordo de extradição com os EUA.

Os advogados de Polanski tentam evitar que seu cliente seja extraditado. Um recursos pedindo a libertação do diretor foi rejeitado pela Justiça suíça na semana passada porque o juiz considerou que existe o risco de Polanski virar novamente um fugitivo da lei.

A vítima do cineasta, Samantha Geimer, pediu à Justiça americana que arquive as acusações contra Polanski alegando que a divulgação contínua dos detalhes do caso "causa danos a mim, meu marido e meus filhos".

Entretanto, a Justiça americana tem sido irredutível e o governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, disse que Polanski não terá tratamento especial por ser uma celebridade.

Notícias relacionadas