Brasil

Muros ao redor do mundo; assista aos vídeos

Vinte anos após a queda do muro de Berlim, barreiras de diversos tipos, comprimento e altura continuam sendo erguidas em diversos países. Com objetivos diversos, as barreiras atuais seguem dividindo países, regiões e em alguns casos separando famílias e comunidades.

Cisjordânia

Em 2002, o governo israelense iniciou a construção da barreira de separacção entre Israel e Cisjordânia, alegando como objetivo a proteção de seus cidadãos de ataques palestinos.

O que para Israel é uma “parede de segurança” é interpretado do lado palestino como um “muro de apartheid”.

A barreira divisória é ilegal segundo a legislação internacional.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

EUA x México

A fronteira entre México e Estados Unidos tem 3,2 mil quilômetros. O governo americano construiu um muro de metal em um terço de sua extensão para dificultar a passagem de imigrantes ilegais vindos do México e América Central.

Centenas de famílias ficaram separadas pelo muro que atualmente praticamente impede o contato entre os dois lados.

Em alguns pontos da fronteira, além do muro há três cercas de arame que impedem qualquer tipo de contato entre os dois lados.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Brasil

O governo do estado do Rio de Janeiro está construindo desde o começo do ano vários muros ao redor de algumas das favelas e bairros pobres que crescem nos morros da cidade.

Segundo as autoridades, o objetivo é evitar que as construções precárias dessas comunidades destruam a vegetação da Mata Atlântica que resta ao redor das favelas.

Na favela da Rocinha o governo concordou em limitar a parede às zonas com risco de deslizamento. O restante será transformado em sítios ecológicos e reservas naturais.

Para alguns críticos, os muros do Rio de Janeiro teriam o objetivo de separar as partes mais pobres da sociedade das mais ricas no que contaria como um "apartheid" social.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.