Estados Unidos

Passageiros andam só de cueca e calcinha no metrô nos EUA

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Apesar das temperaturas baixas e do rigoroso inverno no Hemisfério Norte, usuários do transporte público em várias cidades passaram o domingo sem as calças em trens urbanos.

Tudo isso graças ao "No Pants Day" (ou "Dia Sem Calças"), uma brincadeira coletiva que começou em Nova York em 2002 e já está na sua nona edição.

Os organizadores do evento, o grupo Improv Everywhere, afirma que três mil pessoas participaram da brincadeira em Nova York. O evento também já se espalhou por mais de 43 cidades em 16 países.

O grupo organizou o evento usando as redes sociais da internet. Segundo os organizadores, a missão da brincadeira é provocar "cenas de caos e alegria em lugares públicos".

'Sem motivo'

Os participantes foram instruídos a chegar totalmente vestidos a estações de metrô e tirar as calças na plataforma ou nos vagões.

Eles também receberam instruções para agir normalmente, nunca rir durante a brincadeira e não interagir com outras pessoas sem calças.

Um dos organizadores, em Washington, disse que "não há muito motivo ou causa" para a brincadeira.

"Nós só estamos tentando botar um sorriso no rosto das pessoas", disse Bruce Witzenburg ao jornal americano Washington Post.

A brincadeira também já cruzou a fronteira norte dos Estados Unidos.

A participante Sarah Jackson, de Edmonton, no Canadá, disse que se sentiu "liberada" do intenso frio que faz no país, graças à brincadeira.

"As pessoas que você conhece olham em volta, elas ficam curiosas e interessadas e por algum motivo eu me sinto incrivelmente confortável só de calcinha no trem", disse ela à uma TV canadense.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.