Europa

Leitores da BBC Brasil mandam imagens do inverno rigoroso na Europa

LEITORES DA BBC BRASIL ENVIAM FOTOS DA NEVE NA EUROPA

A onda de frio na Europa vem afetando estradas, ferrovias e aeroportos e o cotidiano das pessoas. Leitores da BBC Brasil que vivem na Europa contam como é enfrentar um frio de intensidade pouco conhecida no Brasil.

Ana Telles, há 3 anos na Espanha

Ana Telles, leitora da BBC Brasil em Madri

"Este foi o segundo ano que nevou na capital. E não somente aqui, mas nas outras cidades da Espanha, principalmente no norte, que foi nevasca mesmo. Como não é habitual essa neve toda na cidade, com temperaturas em torno de -3ºC, em vez de transtorno, o que conta é a bela paisagem branquinha. Isso influi positivamente, pois o madrilenho, com fama de estressado, se deixa contagiar, ou seja, ficam mais sorridentes.

O primeiro dia de volta às aulas foi cancelado, para a alegria dos estudantes que aproveitaram para brincar com bola de neve. Passear pelas ruas, parques e fazer fotos não foi apenas coisa de turistas ou quem estava de passagem pela capital, foi também uma opção nova para os próprios madrilenhos.

Para mim, vinda do sul do Brasil, é novidade ver a cidade que moro com neve. Eu adoro e notei que não sou a única, pois apesar das baixas temperaturas e neve, muitos outros saíram às ruas no primeiro dia de neve do ano para aproveitar este momento positivamente.”

Jefferson S. E. Portela, há um ano e meio na Alemanha

Jefferson S. E. Portela, leitor da BBC Brasil na Alemanha

“Além de paisagens bonitas e ruas escorregadias, semanas com temperaturas abaixo de zero têm consequências menos óbvias: numa noite dessas, eu me deparei com uma fechadura congelada. A chave não entrava um milímetro sequer.

Na pressa, a solução que encontrei, provavelmente não muito ortodoxa, foi usar um lança-chamas improvisado com isqueiro e desodorante spray.

E o inverno também traz uma obrigação extra: o morador tem o dever de tirar a neve da calçada em frente à sua casa. E, aqui na Alemanha, com o amor dos nativos às regras e uma certa falta de bom senso, não basta uma vez por dia: oficialmente é preciso manter a calçada limpa durante todo o tempo das 7h às 20h da noite.

Se não cumprir, além do olhar feio dos vizinhos, há o risco de multa e, caso alguém escorregue e se machuque, processo na Justiça. E não há desculpa, se o morador sair para trabalhar, estiver doente ou viajando, tem que arranjar alguém que faça o serviço para ele.”

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.