Irmãos de 10 e 12 anos são julgados por agredir brutalmente crianças

Desenho dos irmãos sendo julgados na Inglaterra
Image caption Esse ataque brutal não foi a primeira agressão cometida pelos irmãos

Dois irmãos, de 10 e 12 anos, estão sendo julgados na Grã-Bretanha por terem agredido brutalmente dois outros garotos na cidade de Edlington, no norte da Inglaterra, num caso que chocou o país.

No episódio, em abril do ano passado, os menores usaram pedras, pedaços de pau, de vidro e até uma pia contra as vítimas, na época com 9 e 11 anos, além de terem tentado atear fogo nelas e forçado uma a simular um ato sexual.

Os réus confessaram os cerca de 90 minutos de agressões, mas negaram que tivessem tido a intenção de matar.

No julgamento, a promotoria disse que o ataque foi “tanto fisicamente doloroso quanto emocionalmente traumático. Foi assustador. Além disso, o que eles passaram foi humilhante e embaraçoso”.

Leia mais na BBC Brasil mais detalhes sobre o caso

Celular

Parte da violência foi filmada por um dos acusados com um celular. Os 20 segundos de espancamento registrados foram apresentados no tribunal.

Ambos as vítimas sofreram lesões por todo o corpo, mas o mais velho sofreu inclusive fraturas no rosto.

“Se o mais velho tivesse ficado mais tempo sem ajuda, (os médicos) acham que o resultado poderia ter sido fatal”, enfatizou o promotor, Nicholas Campbell.

O julgamento de três dias deve terminar nesta sexta-feira.