áfrica

África do Sul combate criminalidade em antecipação à Copa

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

A polícia sul-africana intensificou seus treinamentos para garantir a segurança durante a Copa do Mundo em junho.

O país tem altos índices de criminalidade e uma empresa britânica lançou um colete antifacadas com a bandeira inglesa para oferecer aos torcedores mais temerosos.

Mas as autoridades do país garantem que tudo correrá bem. Jackson Mthembu, porta-voz do Congresso Nacional Africano (CNA), diz que deseja "calar a boca" dos que sugerem que a África não tem condições de realizar um Mundial. Ele considera essa visão "racista".

Torcedores britânicos que visitaram a África do Sul recentemente para um torneio de críquete, um esporte popular na comunidade de países de língua inglesa, dizem que o número de incidentes enfrentados não foi grande.

o chefe da torcida inglesa "Barmy Army", Paul Burnham, recomenda que se leve pouco dinheiro no bolso, um celular velho e barato e que jamais se resista a um assalto.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.