White Stripes ameaçam processar Força Aérea dos EUA por uso de música

Jack White
Image caption O grupo diz que o anúncio ajuda uma guerra que eles não apoiam

O grupo de rock americano White Stripes está ameaçando processar a Força Aérea americana, alegando que os militares usaram, sem autorização, uma canção do grupo em um comercial de televisão.

Em uma declaração no seu site, a dupla disse que se sente insultada e tem profundas objeções ao uso da música em um anúncio durante o Super Bowl - a final do campeonato de futebol americano - no domingo.

O sucesso do grupo Fell In Love With A Girl teria sido regravado - alegam Jack e Meg White - para o comercial da Air Force Reserve.

Os dois disseram que "tomarão providências sérias para suspender o anúncio contendo esta canção".

A declaração diz: "Acreditamos que nossa canção foi regravada e usada sem permissão dos White Stripes, de nossas editoras, selo ou empresário".

"Os White Stripes se sentem insultados e têm profunda objeção a que a Força Aérea apresente esse anúncio com implicações de que nós licenciamos uma de nossas canções para incentivar recrutamento durante uma guerra que não apoiamos". "Os White Stripes apóiam os militares desta nação, em casa e durante períodos em que nosso país precisa e depende deles".

"Simplesmente não queremos ser um dente na engrenagem do conflito atual e temos esperanças de que nossas tropas voltem para casa rápido e em segurança".

O anúncio é parte de uma campanha de recrutamento da Air Force Reserve, cujos 67 mil integrantes oferecem suporte à Força Aérea principal.

Seus homens estão envolvidos em missões no Iraque e Afeganistão, e também em outras operações, como por exemplo a ajuda às vítimas do recente terremoto no Haiti.

A Air Force Reserve não estava disponível para comentar a declaração do grupo.

Links de internet relacionados

A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos de internet