ONG desiste de usar foto de Tiger Woods em campanha por castração de animais

Tiger Woods
Image caption Em 2009, Woods se retirou da vida profissional por tempo indeterminado

Uma ONG de defesa dos direitos dos animais afirmou nesta sexta-feira ter desistido de usar um outdoor com uma foto do jogador de golfe Tiger Woods no qual era feita uma alusão ao recente escândalo sexual em que o atleta se envolveu.

No cartaz, parte de uma campanha da organização Peta (“Pessoas Pelo Tratamento Ético de Animais”, na sigla em inglês) para incentivar a esterilização e castração de animais domésticos, a foto de Woods aparecia juntamente com a mensagem "sexo demais pode ser ruim... para tigrinhos também". Tiger, em inglês, significa tigre.

O outdoor seria exposto na cidade em que Woods mora, Windermere, perto de Orlando, na Flórida. Embora nunca tenha chegado às ruas, ele divulgado pela Peta em um press release, que acabou alertando assessores de Woods sobre os planos da ONG.

A Peta foi contactada por representantes de Tiger Woods e, depois de uma conversa com os advogados do astro, desistiu de usar o outdoor.

"O projeto foi parado depois de uma conversa educada. Nós ainda estávamos em discussões sobre a possibilidade de erguer o outdoor", afirmou à BBC Brasil Ashley Byrne, representante da Peta.

Esterilização e castração

Em uma nota oficial, a Peta explicou que queria apenas "focalizar a discussão no que pode ser feito para ajudar a reduzir a população de animais de rua", por meio da esterilização e castração.

Image caption O atleta pediu desculpas publicamente pelo escândalo

"Enquanto o mundo ficou paralisado pela história da vida sexual de Tiger Woods, nós estamos tentando levar o foco para onde o lugar que pertence."

A campanha da Peta conta com a participação de celebridades como o jogador de basquete Ron Artest, que joga atualmente pelo Los Angeles Lakers, time da liga americana de basquete.

Em sua última aparição pública desde o escândalo, na semana passada, o golfista americano Tiger Woods pediu desculpas em entrevista coletiva por seu comportamento "irresponsável e egoísta" e disse ainda não saber quando voltará a jogar.

Leia mais sobre o escândalo envolvendo Tiger Woods

Woods estava afastado da vida pública desde o fim do ano passado, quando se envolveu em um acidente de carro na frente de sua casa, na Flórida, que levou posteriormente a revelações sobre sua vida pessoal e à descoberta de que ele mantinha vários casos extraconjugais.

O escândalo fez com que vários patrocinadores abandonassem o atleta.

O atleta de 34 anos é considerado um dos melhores golfistas do mundo e é casado com a ex-modelo sueca Elin, com quem tem dois filhos pequenos.

Em dezembro, ele anunciou uma pausa por tempo indefinido na carreira, para concentrar sua atenção na família.

Notícias relacionadas