Avião com equipe humanitária cai no Chile e mata seis

Estrago causado pelos terremotos no CHile
Image caption Avião levava equipe humanitária para área afetada pelo tremor

Um avião de pequeno porte que levava uma equipe de cinco agentes humanitários para ajudar vítimas do terremoto no Chile caiu nesta segunda-feira em Tomé, no leste do país, matando os cinco passageiros e o piloto.

De acordo com o jornal chileno El Mercurio, os agentes eram funcionários da Universidade San Sebastián.

Segundo a Direção Geral de Aviação Civil (DGAC), a aeronave do modelo Piper PA 31, saiu do aeroporto de Tobalaba, em Santiago, com direção à cidade de Concepción – uma das mais atingidas pelos tremores - por volta das 12h30. O avião perdeu o contato com a torre de controle por volta das 15h10.

Oficiais da DGAC estão no local do acidente. Ainda não se sabe o que teria provocado a queda da aeronave.

De acordo com o governo chileno, o terremoto que atingiu o país no último sábado matou pelo menos 723 pessoas. Cerca de 1,5 milhão de casas foram danificadas e 2 milhões de pessoas foram afetadas pelo tremor.