Gato sobrevive a um mês dentro de frigorífico

Frosty
Image caption O rabo do gato congelou e teve que ser amputado

Um gato de um ano de idade sobreviveu a cerca de um mês trancado dentro de um frigorífico no condado de Northamptonshire, no sul da Inglaterra.

A sociedade protetora dos animais britânica (RSPCA, na sigla em inglês), que resgatou o felino no final do mês passado, informou que ele sobreviveu ao frio de -2ºC da câmara comendo ervilhas congeladas e bebendo o líquido que escorria das comidas armazenadas no local.

O porta-voz da empresa responsável pelo frigorífico informou que funcionários da empresa haviam visto o bichano há algum tempo, mas não conseguiram resgatá-lo porque ele se escondia.

Então, eles pediram a ajuda da sociedade protetora dos animais, que conseguiu atrair o gato com leite e comida.

Desde então, o gato que ganhou o nome de Frosty ("coberto de gelo", em tradução livre) está sob os cuidados da entidade.

"É incrível que Frosty tenha sobrevivido por tanto tempo em um ambiente tão inóspito", disse Steve Sellars, porta-voz da RSPCA.

Mas o felino não saiu incólume do episódio. Seu rabo congelou e teve de ser amputado.

Mesmo assim, Frosty parece estar se recuperando bem.

"Ele é um gato adorável e se tornou muito brincalhão. Nós estamos trabalhando por sua total recuperação e para conseguir um novo lar para ele", disse Sellars.