Alemanha vence Hungria e surpreende o mundo em 54

Image caption Alemanha consegue vitória inesperada na final contra a Hungria

Quando a Copa chegou à Suíça, em 1954, a Hungria dominava o futebol europeu e era a favorita indiscutível ao título mundial.

Os húngaros, comandados pelo craque Ferenc Puskas, não perdiam um jogo havia quatro anos.

A Copa, em 1954, recebia pela primeira vez uma seleção asiática, a Coréia do Sul, que desclassificara Japão e China nas eliminatórias.

O Brasil que desembarcou na Suíça estava todo renovado. Da Seleção de 1950, o técnico Zezé Moreira só havia levado cinco jogadores.

Camisa amarela

Os brasileiros também mudaram o visual. As tradicionais camisas brancas davam lugar a amarelas, uniforme com o qual o Brasil conquistaria a sua fama internacional. Nascia a Seleção "Canarinho", assim batizada pelo jornalista Geraldo José de Almeida.

O Brasil passou pela primeira fase com uma goleada contra o México (5 a 0) e um empate contra a Iugoslávia (1 a 1), para enfrentar de cara a toda-poderosa Hungria no jogos mata-mata.

Os húngaros, que haviam goleado a Coréia do Sul por 9 a 0 e a Alemanha por 8 a 3, enfrentaram o Brasil, em Berna, desfalcados da sua estrela-mor, Puskas, contundido.

Mesmo sem Puskas do outro lado, o Brasil não teve chance. Aos sete minutos de jogo, já perdia por 2 a 0. A partida, com três expulsões, ficou conhecida como a “Batalha de Berna” e terminou 4 a 2 para a Hungria.

Depois de passar pelos campeões, os uruguaios, só na prorrogação, a Hungria se reencontrava com a Alemanha na final, equipe batida por Puskas, Kocsis e Cia. na primeira fase.

Os dois times jogaram em Berna, para 65 mil pessoas. A Hungria teve, como sempre, um início arrasador. Aos oito minutos de jogo, já vencia por 2 a 0.

A reação alemã também foi arrasadora, pois aos 17 minutos a partida já estava empatada.

No segundo tempo, aos 39 minutos, dá-se o que poucos acreditavam ser possível: o ponta alemão Rahn fez o terceiro gol da sua seleção, o da vitória. Como no Rio, há quatro anos, a zebra se fez presente em Berna, e a Alemanha conquistou o seu primeiro Mundial.

A Copa de 54 seria a última com o francês Jules Rimet na presidência da Fifa. O criador da Copa do Mundo morreria 2 anos depois, aos 83 anos de idade.

Grupo 1

Brasil 5 x 0 México Iugoslávia 1 x 0 França França 3 x 2 México Brasil 1 x 1 Iugoslávia

Grupo 2

Alemanha 4 x 1 Turquia Hungria 9 x 0 Coréia do Sul Hungria 8 x 3 Alemanha Turquia 7 x 0 Coréia do Sul

Jogo extra

Alemanha 7 X 2 Turquia

Grupo 3

Uruguai 2 x 0 Tchecoslováquia Áustria 1 x 0 Escócia Uruguai 7 x 0 Escócia Áustria 5 x 0 Tchecoslováquia

Grupo 4

Inglaterra 4 x 4 Bélgica Suíça 2 x 1 Itália Inglaterra 2 x 0 Suíça Itália 4 x 1 Bélgica

Jogo extra

Suíça 4 X 1 Itália

Quartas-de-final

Uruguai 4 x 2 Inglaterra Áustria 7 x 5 Suíça Hungria 4 x 2 Brasil Alemanha 2 x 0 Iugoslávia

Semifinais

Alemanha 6 x 1 Áustria Hungria 4 x 2 Uruguai

Terceiro lugar

Áustria 3 x 1 Uruguai

Final

Alemanha 3 x 2 Hungria