Bomba explode perto de prisão em Atenas

Uma bomba explodiu nesta quinta-feira do lado de fora de uma prisão de segurança máxima de Atenas, na Grécia, de acordo com informações da polícia.

Autoridades informaram que explosão perto da prisão de Korydallos ocorreu depois de um telefonema para um jornal de Atenas, que alertou que a bomba explodiria dentro de 20 minutos.

Uma mulher teria ficado ferida na explosão, mas a informação não foi confirmada. De acordo com a imprensa grega, a bomba estava escondida em uma bolsa de viagem.

A grande explosão foi ouvida no centro de Atenas, a oito quilômetros de distância. A polícia isolou a área próxima à prisão.

Um porta-voz da polícia de Atenas informou que a bomba foi colocada perto de um muro da parte feminina da prisão.

Radicais suspeitos

Nenhum grupo do país assumiu a responsabilidade pelo ataque, mas correspondentes na Grécia afirmam que as suspeitas vão recair sobre grupos radicais de esquerda.

Em março, uma bomba explodiu perto de um prédio em Atenas, matando um garoto de 15 anos.

Ataques anteriores, atribuídos a grupos de esqueda ou anarquistas, tiveram como alvo bancos e edifícios do governo.

Nas últimas semanas, Atenas tem sido palco de protestos contra um pacote de medidas de austeridade para enfrentar o grande déficit orçamentário do país e tentar conter a crise.

O correspondente da BBC em Atenas Malcolm Brabant afirmou que se o ataque desta quinta-feira for mesmo responsabilidade de grupos radicais de esquerda, seria um sinal de que estes grupos não foram derrotados pela recente onda de prisões, que levaram também à apreensão de armas e explosivos.

Também seria um sinal, segundo Brabant, de que estes grupos querem continuar com uma campanha violenta contra as medidas de austeridade do governo.

As medidas foram tomadas como uma condição para que o país receba a ajuda financeira internacional.

Notícias relacionadas