América Latina

Donos tatuam cães para evitar que sejam roubados no Peru

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Donos de cães na capital do Peru, Lima, estão tatuando suas mascotes numa tentativa de conter uma onda de roubos e sequestros de seus bichos de estimação.

A tatuagem permanente, com o número da carteira de identidade do dono, é feita atrás de uma das orelhas do cachorro.

As tatuagens servem para identificar o animal facilmente caso ele seja roubado ou desapareça por alguma outra razão.

“Já tatuamos cerca de 50 cachorros. Nessa região estão registrados mais de 2 mil. Recentemente temos visto muitos roubos e sequestros de cães e muitos donos têm que pagar o resgate dos animais,” diz a veterinária Erika Gogin.

O serviço está sendo oferecido gratuitamente.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.