Argentina pega México e Uruguai enfrenta sul-coreanos nas oitavas

Image caption Maradona abraça Palermo após o segundo gol argentino

Uruguai, México, Argentina e Coreia do Sul garantiram nesta terça-feira a participação nas oitavas-de-final da Copa do Mundo nos jogos finais dos grupos A e B da competição.

O Uruguai, primeiro colocado do grupo A, pega a Coreia do Sul, segundo do B, no sábado, dia 26, em Porto Elizabeth. No dia seguinte, é a vez de a Argentina, vencedora do grupo B, entrar em campo, contra o México, segundo do grupo A, em Johanesburgo.

Uruguai e México se classificaram eliminando França e África do Sul.

Muitos comentaristas esperavam que as duas equipes latino-americanas jogassem apenas pelo empate na partida disputada entre elas em Rustenburgo nesta terça-feira, já que esse resultado classificaria os times.

Mas o técnico uruguaio, Oscar Tabarez disse que “os comentários (de que as equipes jogariam por um empate) não me agradaram e é suficiente dizer que todos (os times hoje) mostraram um bom espírito e jogaram para ganhar”.

O uruguaio Luís Suárez marcou o único gol do jogo, ainda no primeiro tempo.

O técnico mexicano Javier Aguirre disse que “o Uruguai jogou bem, e a Fifa pode ficar tranquila que tentamos ganhar. Não buscamos o empate, jogamos para vencer e fomos fiéis ao nosso estilo”.

África do Sul

Em Bloemfontein, França e África do Sul se despediram da competição com uma vitória do time dono da casa por 2 a 1, com gols de Khumalo e Mphela para os sul-africanos e de Malouda para a equipe francesa.

Apesar de a África do Sul ter se tornado a primeira sede a não passar para a segunda fase de uma Copa, o desempenho nesta terça-feira foi elogiado por muitos de seus jogadores e pelo presidente do país, Jacob Zuma.

"Eles terminaram de forma positiva, como um time, e fiquei feliz por isso", disse ele.

O técnico da equipe, o brasileiro Carlos Alberto Parreira, conseguiu vencer sua primeira partida em Copa do Mundo comandando uma equipe que não o Brasil, com quem foi tetracampeão como treinador em 1994.

Após a partida, o técnico francês, Raymond Domenech, se recusou a cumprimentar Parreira.

Grupo B

A Argentina comemorou a classificação após vencer a Grécia por 2 a 0 em Polokwane.

O time dirigido por Maradona teve dificuldades para vencer a retranca grega, e o primeiro gol saiu apenas aos 32 minutos do segundo tempo, com Demichelis.

O veterano Martin Palermo fechou o placar poucos minutos depois.

A Argentina jogou com sete reservas, e o craque Messi foi o capitão da equipe pela primeira vez.

Na outra partida pelo grupo B, a Coreia do Sul empatou com a Nigeria em 2 a 2, resultado que classificou o time asiático.

Marcaram no jogo em Durban Kalu Uche e Yakubu para a Nigéria e Lee Jung-soo e Park Chu-young para a Coreia do Sul.

Notícias relacionadas