Elano treina separado dos titulares e Dunga mantém mistério

Elano
Image caption o jogador machucou-se na partida contra a Costa do Marfim

O próximo jogo do Brasil não é fundamental para as pretensões brasileiras na Copa, já que a seleção já está classificada para as oitavas-de-final.

O Brasil sequer terá a oportunidade de tentar escolher o adversário na próxima fase, já que os rivais do seu grupo serão definidos na noite de sexta-feira, após o confronto entre Brasil e Portugal.

Ainda assim, o técnico Dunga mantém mistério sobre a escalação da equipe que jogará contra Portugal, na sexta-feira.

O técnico voltou a fechar o treino para a imprensa nesta quarta, minutos antes de os jogadores realizarem o último coletivo, que serve de prévia para Dunga escalar os titulares que entrarão em campo contra os portugueses.

O meia Elano, que se machucou no último jogo e sequer treinou na terça-feira, voltou aos gramados. No entanto, até a hora em que o treino foi fechado para os jornalistas, ele não participou das atividades com bola com os demais jogadores.

Enquanto os atletas se aqueciam e batiam bola, Elano correu ao redor do gramado sozinho. O jogador não parecia estar sentindo nenhuma dor, mas não respondeu a jornalistas que perguntaram se ele estava recuperado. Após o treino, a delegação brasileira segue para Durban, onde treinará na quinta-feira pela última vez antes do jogo.

Opções

No treino de terça-feira, Dunga também não havia sinalizado quais alterações fará na seleção para o jogo contra Portugal. Para o lugar de Kaká, suspenso, o mais provável é Júlio Baptista, mas o atacante Nilmar também é cotado.

Se decidir poupar Elano, Dunga deve optar entre Daniel Alves ou Ramires, que já atuaram recentemente na função do jogador.

A partida de sexta-feira contra Portugal decidirá quem vai liderar o grupo G. Apenas uma derrota para Portugal tira do Brasil a primeira colocação. A Costa do Marfim ainda pode se classificar no lugar de Portugal, mas precisa de uma improvável goleada sobre a Coreia do Norte, combinada com uma derrota portuguesa para o Brasil.

Caso o Brasil se classifique em primeiro lugar no grupo, a equipe jogará a próxima partida em Johanesburgo, no Ellis Park. Se ficar em segundo, o jogo brasileiro das oitavas-de-final será na Cidade do Cabo.

Antes da Copa, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, havia manifestado que o melhor caminho para o Brasil na Copa seria justamente liderar o grupo G, já que o Brasil jogaria mais partidas em Johanesburgo e evitaria viajar.

Notícias relacionadas