Liderada por Robben, Holanda avança e espera Brasil ou Chile

Robben
Image caption Enquanto esteve em campo, Robben foi um dos principais nomes do jogo

A Holanda venceu nesta segunda-feira a Eslováquia por 2 a 1, em Durban, e vai enfrentar o vencedor da partida entre Brasil e Chile nas quartas-de-final da Copa do Mundo da África do Sul na próxima sexta-feira.

No jogo desta segunda, pelas oitavas-de-final, o atacante Arjen Robben começou a partida como titular pela primeira vez no torneio e liderou a seleção holandesa.

Robben marcou o primeiro gol da partida, aos 18 minutos do primeiro tempo, e foi instrumental na maior parte das jogadas ofensivas holandesas.

"Jogamos uma partida difícil. O principal é que passamos. Provavelmente o jogo perfeito ainda está por vir", disse o atacante após o jogo.

Após sua substituição, na segunda etapa, a Holanda ampliou com Sneijder, aos 34 minutos. Já nos acréscimos, Robert Vittek marcou o gol da Eslováquia, de pênalti.

Aproveitamento

Com os dois times bem armados e chegando com perigo às metas adversárias, os dois goleiros foram os destaques da partida.

Jan Mucha foi considerado um dos melhores da equipe eslovaca, e Maarten Stekelenburg salvou a Holanda com duas defesas consecutivas no segundo tempo.

"Em um momento crucial, Maarten Stekelenburg nos salvou", disse o técnico holandês Bert van Marwijk.

Com a vitória, a Holanda manteve 100% de aproveitamento - a equipe venceu as quatro partidas que disputou na competição. A única seleção no torneio com o mesmo retrospecto é a Argentina.

A Holanda não perde a 23 jogos - 18 vitórias e cinco empates. A última vez que o time perdeu foi para a Austrália, em setembro de 2008.

Como prêmio de consolação, a Eslováquia se despede da Copa com Robert Vittek, pelo menos temporariamente, no topo da lista de artilheiros do torneio - ao lado do argentino Gonzalo Higuaín - com quatro gols.