Candidato a governo estadual no México é assassinado

Rodolfo Torre Cantu durante evento de campanha no México (arquivo)
Image caption Cantu estava a caminho de um evento de campanha

Um candidato ao governo do Estado de Tamaulipas, no nordeste do México, foi morto a tiros em uma emboscada nesta segunda-feira apenas seis dias antes da eleição.

Rodolfo Torres Cantu, que liderava as pesquisas de opinião, morreu junto com quatro membros do partido em uma estrada perto da capital do Estado, que fica na fronteira com os Estados Unidos.

De acordo com o repórter da BBC na Cidade do México Julian Miglierini, Cantu estava viajando para participar de um comício na cidade de Matamoros, quando seu comboio foi atacado perto do aeroporto da cidade de Ciudad Victoria. Atiradores não identificados abriram fogo e mataram o candidato.

Vários incidentes violentos vêm ocorrendo às vésperas das eleições regionais, que ocorrem no domingo em 12 Estados mexicanos. Estes incidentes foram atribuídos aos violentos cartéis do tráfico de drogas em algumas regiões do país.

Guerra do tráfico

Segundo Miglierin, os cartéis de Zeta e do Golfo estão travando uma guerra para controlar o tráfico de drogas no Estado de Tamaulipas, o que daria a eles o controle de uma rota de tráfico importante para os Estados Unidos.

A luta contra a violência relacionada ao tráfico de drogas era uma das principais promessas de campanha de Rodolfo Torres Cantu.

Horas antes de ser morto, o candidato disse em um comício que queria que o povo de Tamaulipas se sentisse seguro e saísse de casa sem medo.

O adversário de Cantu na campanha pelo governo do Estado, José Julian Sacramento, do Partido de Ação Nacional, cancelou reuniões de campanha em Matamoros depois da morte do candidato.

Sacramento afirmou que conhecia Cantu há anos e o respeitava.

Devido ao medo das ações de traficantes, alguns partidos decidiram não fazer campanha em algumas cidades na fronteira com os Estados Unidos, alegando que não poderiam garantir a segurança dos candidatos.

Leia mais na BBC Brasil: Cantor mexicano é assassinado após negar rumores de que estava morto

Notícias relacionadas