Tabloide britânico irá indenizar Brad Pitt e Angelina Jolie

Brad Pitt e Angelina Jolie na pré-estreia do filme 'Salt', em Hollywood, Califórnia (foto: Reuters)
Image caption Casal de atores não compareceu à audiência em Londres

Um advogado dos atores americanos Brad Pitt e Angelina Jolie anunciou nesta quinta-feira em Londres que um tabloide britânico irá pagar a eles uma indenização devido a uma reportagem com alegações falsas publicada em 24 de janeiro deste ano.

No artigo, o jornal News of the World afirmava que o casal estava se separando.

O advogado, Keith Schilling, compareceu ao tribunal que avaliou o caso nesta quinta-feira e afirmou que a editora do News of the World concordou que as alegações eram "falsas e invasivas". O casal não esteve presente na audiência.

O jornal confirmou que chegou a um acordo com os atores, mas não fez mais comentários.

A quantia que deverá ser paga às estrelas de Hollywood também não foi divulgada publicamente.

Manchete

O texto do News of the World tinha como títuloPitts All Over (“Casal Pitt acabou”, em tradução livre).

Ele dizia que Jolie e/ou Pitt tinham visitado um advogado especializado em divórcios em dezembro de 2009 e que o casal já tinha chegado a um acordo para a divisão de seus bens.

Mas uma declaração do escritório de advogados Schillings informou que o advogado citado por algumas publicações como o advogado de divórcios que teria sido consultado pelo atores, Sorrell Trope, nunca se reuniu com o casal.

"Nunca me encontrei (...) com seus clientes ou tive qualquer envolvimento com nenhum deles. E isto também se aplica a todos os outros membros desta firma (de advocacia)", afirmou Trope em uma carta citada no acordo de indenização.

A ação movida pelos atores foi por uso impróprio de informações particulares e desrespeito da Lei de Proteção de Informações de 1998.

Durante o julgamento nesta quinta-feira, Keith Schilling afirmou que o News of the World argumentou que tinha agido de boa-fé, e agora concordou em publicar um pedido de desculpas.

Além da indenização, o tabloide também vai pagar os custos do processo.

Pitt e Jolie devem doar o dinheiro para a instituição de caridade que fundaram, a Fundação Jollie-Pitt.

Notícias relacionadas